Diastase - Exercicios para tratamento pratico e efetivo

8/26/2020 10:54:00 AM

 Conheça mais sobre o problema que afeta as mulheres e maneiras de resolvê-lo sem precisar de cirurgia. Exercícios físicos são indicados como a melhor opção

A diástase abdominal normalmente acontece durante a gravidez e é caracterizada pelo afastamento dos músculos abdominais e do tecido conjuntivo, causando uma grande flacidez na região do abdômen. Ela também pode acontecer em pessoas que sofrem com obesidade ou em idosos.

Esse problema, além de acarretar uma barriga flácida, também pode gerar dor nas costas, incontinência urinária, entre outros agravamentos. Para saber se está com uma diástase abdominal basta sentir se a região abaixo do umbigo está muito mole e flácida ou observar se uma parte do abdômen está mais elevada ao levantar algum peso, agachar, tossir, ou fazer algum esforço.

Exercícios físicos como opção de tratamento

Normalmente, o tratamento é realizado através de cirurgia, mas o que muitas pessoas não sabem é que é possível corrigir esse problema através de exercícios físicos específicos e focados para a região do abdômen, como os exercícios hipopressivos e a técnica de respiração ativa profunda, por exemplo. Ambos ativam o músculo transverso do abdômen e assoalho pélvico, que através do vácuo abdominal reposiciona os órgãos internos e proporcionam a diminuição de pressão na região torácica, abdominal e pélvica. Confira abaixo um exemplo de exercício hipopressivo, além da respiração ativa profunda:

Exercício Hipopressivo com Postura Reta
Inspire profundamente e quando soltar o ar, 'puxe' o abdômen para dentro, assim como os músculos pélvicos, prendendo a respiração pelo máximo de tempo que conseguir.


Respiração Ativa Profunda:
Com postura reta e ombros para trás, inspire profundamente comprimindo o abdômen, cintura e costas. Solte o ar aos poucos ainda comprimindo o abdômen.


Adeus Diástase

Através de uma metodologia criada especificamente para o combate da diástase, o Adeus Diástase é um programa online criado pela treinadora física Verônica Motta (Vevê Fit) que auxilia na recuperação dessa musculatura profunda. Vevê Fit é formada pelo International Hypopressive Physical Therapy Institute, é membro do Conselho Internacional de Hipopressivo, e também diretora do Hipopressivo Brasil.

O programa está disponível na Queima Diária - maior plataforma de exercícios físicos da América Latina - e dura 3 meses e conta com exercícios hipopressivos, que são responsáveis por ativar e fortalecer o músculo transverso, através da sucção (famoso vácuo abdominal) e com a costela aberta, o que diminui a pressão no abdômen e melhora problemas como dores nas costas.

Além disso, com as aulas de RAP (respiração de ativação profunda), o Adeus Diástase ativa o core e assoalho pélvico, ajudando a fechar a diástase, a combater a incontinência urinária e a proteger o corpo.

You Might Also Like

0 comentários

❤❤Instagram❤❤